INÍCIO BLOG 4 tecnologias disruptivas que impactam as empresas
Blog post 02   tecnologia no dia a dia

Postado Qui, 27 de Junho de 2019, 13:51:00

4 tecnologias disruptivas que impactam as empresas

As empresas sempre estão em busca de novas maneiras de aperfeiçoar as operações e reduzir custos, sem perder a qualidade do serviço. As tecnologias disruptivas surgiram para facilitar esse processo e propiciar o controle e análise de dados, favorecendo a mudança de aspectos que prejudicam a rentabilidade.

A seguir, mostramos as principais tecnologias disruptivas que já impactam as organizações de forma positiva. Vamos conferir?
 

4 tecnologias disruptivas para incorporar no negócio

Os robôs e os sistemas inteligentes farão cada vez mais parte das rotinas corporativas. Saiba como eles podem melhorar os processos logísticos:
 

1. Inteligência Artificial

Essa tecnologia disruptiva permite que máquinas desempenhem atividades semelhantes às dos homens. Os robôs inteligentes, por exemplo, são capazes de aprender com as pessoas e responder perguntas realizadas em aplicativos e sites empresariais. Um exemplo dessa aplicação é a Lu, chatbot da Magazine Luiza nas redes sociais.
 
Basicamente, os programas utilizam algoritmos para que as máquinas aprendam com as informações recebidas e assim desempenhem suas tarefas da melhor forma. A Amazon, por exemplo, já utiliza robôs para fazer o deslocamento de mercadorias nos centros de distribuição.
 

2. Internet das coisas

Você já percebeu que os equipamentos tecnológicos estão cada vez mais conectados à rede mundial de computadores? Essa característica é chamada de internet das coisas (IoT) e pode ser aplicada na logística das empresas.
 
Um exemplo desse uso no dia a dia é a Smart TV. O aparelho tem dispositivos que possibilitam a conexão com a internet e o acesso de plataformas como Netflix e Youtube com um simples toque na tela ou controle.
 
No ambiente empresarial a Amazon surge como exemplo mais uma vez. Ela criou uma loja sem funcionários, em que as pessoas entram, escolhem seus produtos e saem do espaço sem precisar retirar as mercadorias da cesta para efetuar a leitura do código de barras.
 
Isso acontece porque o estabelecimento tem muitas câmeras, sensores e QR code nos produtos, o que permite a identificação toda vez que o cliente os pega na prateleira. A cobrança, por sua vez, é debitada no cartão de crédito quando o consumidor sai da loja.
 

3. Big Data

Muitos sistemas de logística fazem a captação de dados durante os processos realizados na empresa. Desse modo, o gestor consegue criar relatórios e fazer análises que favorecem a tomada de decisões mais estratégicas na companhia, como a mudança de processos para agilizar a entrega de produtos ou a redução dos níveis de estoque.

4. Realidade Aumentada

Um estudo da Gartner estima que até 2020 os consumidores utilizarão a realidade aumentada para efetuar vendas de veículos e outros produtos que exigem experiência do usuário. A L’oréal Paris, por exemplo, desenvolveu um aplicativo que possibilita o teste de maquiagem e a visualização de como elas ficam no rosto do cliente. Ferramentas como essa também permitirão o “teste drive” de veículos sem que o consumidor precise se deslocar até uma concessionária.
 
Enfim, há diferentes tecnologias disruptivas que já foram adotadas por algumas empresas e em breve conquistarão mais espaço nas organizações. Como está o uso dessas ferramentas na sua empresa? Deixe o comentário e compartilhe a sua experiência!
 

COMENTAR

0 Comentário(s)